No toque do sino

45586443_303
Crédito referido na imagem

Os dias aqui em Ílhavo começam e acabam ao toque do sino. Não o da imagem, que é nada mais nada menos que o maior sino do mundo, feito na Polónia e colocado numa basílica brasileira, mas o da  igreja local, que não fica longe do hotel onde me encontro. O que é curioso é que o som nunca me incomodou, seja de manhã, seja ao final do dia…existe nele um sentir tranquilo, que praticamente se harmoniza com o silêncio matinal ou com o burburinho vespertino de uma pequena cidade que anoitece. A mente, essa, adora, e num enorme sorriso abre os seus braços a este som que se prolonga num tempo curto, tão curto quanto a distância que leva a tocar a alma. Numa linguagem menos poética, poderíamos dizer que o som do sino possui características que interagem com os nossos padrões de vigília ou de descanso…talvez…o certo é que é uma excelente companhia, que acompanha o meu sentir ao longo dos dias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.