Submarine

A minha primeira utilização do Indie World da Vodafone revelou-me este Submarine, uma curta-metragem de produção conjunta libanesa e americana de 2016, parte da seleção oficial dos festivais de Cannes e Toronto, que gostei sinceramente de ver. Um argumento interessante, bem enquadrado no contexto da ação, por entre a realidade de um presente caótico, ilustrado num problema ambiental relacionado com o excesso de lixo, e o saudosismo do passado de um Líbano pleno de glamour de outros tempos. Uma jovem hesita na sua decisão de partir, tal como grande parte da população, deixando para trás essa dicotomia ilustrada na casa semi-abandonada onde vive, e no café tradicional da sua povoação. Um dilema bem explorado pelo argumento, apesar de pontualmente confuso em algumas situações específicas, particularmente no final, onde fica uma sensação de algum desamparo da personagem, entre a sua dinâmica mental e ideia que se pretende transmitir. Boa realização de Mounia Akl, que explora muito bem a dinâmica temporal do filme e do argumento (do qual é co-autora), e alguns pormenores de fotografia mesmo muito interessantes.

Ficha IMDB

Crédito da imagem: Desconhecido. Solicito informação.